Afrique Asie Europe Moyen-Orient Internet Nations unies
 
Brasil18.05.2009

Inauguração do projeto “Memórias Reveladas” : Repórteres sem Fronteiras espera desclassificação dos arquivos da ditadura
Comunicado em português

Repórteres sem Fronteiras felicita o Governo brasileiro pela inauguração, no âmbito do Arquivo Nacional da Casa Civil da Presidência da República, do “Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil (1964-1985) - Memórias Reveladas”, dia 13 de maio de 2009 em Brasília. Esse projeto traduz-se, principalmente, por uma base de dados que pode ser consultada on line - http://www.memoriasreveladas.arquivonacional.gov.br/ - e enriquecida com contribuições do público em geral, relativas ao período que vai de 1o de abril de 1964 a 15 de março de 1985. A criação de “Memórias Reveladas” coincidiu com a apresentação, ao Congresso Nacional, de nova lei de acesso à informação, de que a Organização aguarda adoção para breve.

“Após a revogação, em 30 de abril, da Lei de Imprensa de 9 de fevereiro de 1967 pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a inauguração de ‘Memórias Reveladas’ mostra vontade política de pôr fim ao segredo de que é cercado um período sombrio para a liberdade de expressão. De agora em diante, a finalização desse projeto implicará a adoção da lei de acesso à informação, que deverá diminuir os prazos de retenção de processos qualificados como ‘reservados’ ou ‘secretos. A coincidência das datas de lançamento do ‘Memórias Reveladas’ e da apresentação do anteprojeto de lei segue, naturalmente, essa lógica”, declarou Repórteres sem Fronteiras.

O texto legal enviado ao Congresso no dia do lançamento do projeto “Memórias Reveladas” instaura, principalmente, novo Serviço de Informação ao Cidadão dentro de cada Ministério ou órgão federal. Aliás, prevê, imediatamente após a entrada em vigor, desclassificação, ao final de cinco anos, de todas as informações “reservadas” ; ao final de um prazo de quinze anos, a de informações “secretas” ; e de vinte e cinco anos, a de informações “ultrassecretas”, sendo que essas últimas podem ser objeto de retenção complementar de dez anos, em caso de necessidade absoluta.

Os arquivos da Ditadura terão o prazo de vinte e cinco anos vencido a partir de 2010. Sob tutela da Casa Civil da Presidência da República, o projeto “Memórias Reveladas” envolve, além do próprio Governo Federal, a administração pública de treze Estados e do Distrito Federal que resolveram aderir a ele.

“Esperamos que essa iniciativa sirva de inspiração a outros países, especialmente àqueles que sofreram as ditaduras do Plano Condor. No entanto, revoltamo-nos contra a retirada, no mês de janeiro de 2009, de ações na Justiça ligadas aos inquéritos acerca dos assassínios, em São Paulo, dos jornalistas Luiz Eduardo Merlino e Vladimir Herzog, em 1971 e 1975, respectivamente”, acrescentou a Organização.



en este pais
18.05 - Brasil
Inauguração do projeto “Memórias Reveladas” : Repórteres sem Fronteiras espera desclassificação dos arquivos da ditadura
1º.05 - Brasil
O Supremo Tribunal Federal revoga a Lei de 1967 : “Uma grande vitória para a liberdade de imprensa”
12.12 - Brasil
Investigação sobre o seqüestro de uma equipe do diário O Dia : quatro novos presos
3.09 - Brasil
Uma jornalista do Mato Grosso do Sul ferida num atentado : "É necessária a maior das vigilâncias em vésperas das eleições municipais"
23.07 - Brasil
Repórteres sem Fronteiras pede aos deputados que se oponham à adoção de um projeto de lei de luta contra a cibercriminalidade que pode pôr em risco a liberdade de expressão na Internet

En el informe anual
Brasil - Informe anual 2003
BRASIL - Informe anual 2002

Communicados Americas
3.06 - Honduras
El periodista Andrés Torres, secuestrado durante dieciocho días, liberado tras el pago de un rescate
29.05 - Venezuela
Persecución gubernamental contra el canal Globovisión : carta abierta al Presidente Hugo Chávez
27.05 - México
Un periodista especialista en fuente policíaca asesinado en el Estado de Durango
20.05 - Cuba
“Cualquiera puede navegar por Internet...salvo los cubanos”
15.05 - Cuba
Condenan al periodista Alberto Santiago Du Bouchet a tres años de cárcel

los archivos Americas
Archivos 2009
Archivos 2008
Archivos 2007
Archivos 2006
Archivos 2005
Archivos 2004
Archivos 2003
Archivos 2002
Archivos 2001
Archivos 2000

informes
14.03 - Cuba
Cinco años después de la ‘Primavera negra’, los periodistas independientes resisten
5.06 - Venezuela
Cierre de Radio Caracas Televisión : la consolidación de una hegemonía mediática
22.05 - Colombia
Paramilitares : unas ‘Aguilas negras’ dispuestas a abatirse sobre la prensa
16.03 - Cuba
18 de marzo 2003 - 18 de marzo 2006 : Tres años después de la primavera negra, la prensa independiente se niega a estar en la sombra
21.06 - Mexico
Asesinato, impunidad y autocensura : las duras condiciones de los periodistas fronterizos
24.07 - Naciones unidas
Reporteros sin Fronteras suspendida por un año de la Comisión de Derechos Humanos. La organización publica el informe "Mercadeos, incompetencia y no-acción", que detalla las derivas y los fracasos de la Comisión, y propone una reforma radical
25.06 - Cuba
La excepción católica
25.06 - Cuba
Los corresponsales extranjeros estrechamente vigilados
19.06 - Cuba
Internet bajo vigilancia
11.04 - Venezuela
Entre el autoritarismo del Presidente y la intolerancia de los medios de comunicación
20.12 - Colombia
Arauca : la información en riesgo
17.12 - Cuba
La información, coto privado del Estado
22.11 - Colombia
LA PRENSA "OBJETIVO MILITAR"
Los grupos armados contra la libertad de prensa
11.10 - Estados Unidos
Entre tentación patriótica y autocensura : Los medios de comunicación norteamericanos en la tormenta del post-11 de septiembre
25.03 - Haíti
¿Quién mató a Jean Dominique?
1ro.09 - Cuba
Acoso, exilio, encarcelamiento
Un centenar de periodistas independientes frente al Estado

Firmar las peticiones
16.11 - Cuba
Fabio Prieto Llorente
16.11 - Cuba
Miguel Galván Gutiérrez